quarta-feira, 1 de julho de 2015

UM CASAMENTO DIFERENTE



Título: Um casamento diferente
Autor: Kasey Michaels
Título original: Timely Matrimonio
Dados da Edição: Editora Nova Cultural 1995
Publição original: 1994
Género: Romance contemporâneo


Suzy Harper: uma noiva muito especial
"Encontrar um homem nos dias de hoje não é fácil. Ainda mais um homem lindo, vindo diretamente do século dezenove. Quando isso acontece, o negócio é aproveitar. Além de solteiro, Harry Wilde precisa urgentemente de uma esposa que o ajude a sobreviver nesse mundo moderno. Não, não dá para abandonar um homem como Harry!"
Harry Wilde: um noivo muito diferente
"Ser um viajante do tempo é um choque para qualquer pessoa! Um casamento inesperado com Suzy Harper, então... é algo totalmente inimaginável! Suzy é impossível: é uma mulher que fala sem que lhe seja •permitido e veste-se de maneira muito ousada! Mas, apesar de tudo, essa mulher atingiu em cheio meu coração. Será que um dia terei de abandoná-la?"


NOTA

Lista de verificação da esposa perfeita para Harry Wilde.

Sua noiva:

1. Nunca dançaria com o mesmo cavalheiro mais do que duas vezes em uma noite.
2. Cuidadosamente esconderia os tornozelos ao subir em uma carruagem.
3. Nem pensaria em consentir que palavras como "pernas" e "sexo" passassem por seus lábios.
4. Falaria apenas quando fosse indagada.
5. Nunca se dignaria a dar opinião sobre algum tema discutível.
6. Não falaria jamais sobre política e economia.
7. Adiaria tudo em favor do marido.
8. Seria de idade razoável — certamente não mais velha do que 20 anos.
E então Harry Wilde encontrou Suzy Harper...
PRÓLOGO
Há três dia e três noite o Pegasus estava sendo Lcastigado por aquela tempesta de final de verão. Mas a bordo do navio, não havia nada que os marinheiros pudessem fazer. Apesar da tempestade o Pegasus continuava se¬guindo a sua rota para Nova Jersey e, na certa, para um naufrágio iminente.
Aqueles homens, todos acostumados à inconstância dos mares, estavam silentes diante da ameaça da morte.
Não existia nenhum porto pelas proximidades para onde pu¬dessem se dirigir e, se aquela tempestade não passasse logo, aca¬bariam virando comida para os peixes.
De repente aconteceu! De repente, sem que ninguém esperasse a tempestade parou. Não devagar, como era de se esperar. Mas de um momento para o outro! Num instante o céu estava escuro com o vento e a chuva jogando o Pegasus ameaçadoramente, no outro a tempestade tinha parado.
O mar, antes tão violento, agora estava calmo, e o sol começava a raiar no horizonte.
Vou para o convés — Harry disse aos seus companheiros.
Não faça isso, filho — um dos marinheiros mais velhos o aconselhou! — Já ouvi contar sobre tempestades como essa. Ela não passou. É o Olho\ Logo estará de volta.
Harry, jogando para trás os seus longos cabelos loiros, sorriu e disse:.
Mesmo assim vou dar uma olhada no que está acontecendo lá fora e conhecer o Olho.
Cuidado, é muito perigoso. Muitas coisas estranhas acon¬ tecem no mar.
Ficar  aqui também e muito perigoso, meu bom amigo. Não se preocupe. Vou lá em cima dar uma olhada e logo estou de volta.
Harry saiu do porão do navio, foi para o convés e viu o que lhe pareceu uma ilha com uma belíssima praia e uma floresta de pinheiros. A cena era muito bonita: num céu azul, o sol já brilhava soberano e muitos pássaros faziam sua algazarra matinal.
Harry ficou apreciando a paisagem romântica que tinha diante dos olhos, sem e dar conta que sobre a sua cabeça um homem tentava consertar o mastro principal.
— Saia daí! Saia daí! — o homem gritou.
Harry, assustado olhou para cima. O homem continuava pe¬dindo-lhe que saísse do local onde estava. Mas como com uma tempestade como aquela que acabara de passar, já tinha um ho¬mem consertando um mostro? Harry, que não era marinheiro e estava naquele navio há um pouco mais de dois meses apenas porque gostava de aventuras, não sabia responder àquela pergunta. E foi neste instante que algo caiu lá de cima sobre a cabeça dele. Para Harry, o dia ensolarado de repente se transformou num noite escura e ele não viu mais nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário